Pular para o conteúdo

Opções de tratamento

Quando seus rins falham, existem três tipos básicos de tratamentos disponíveis:

  • Transplante
  • Hemodiálise
  • Diálise peritoneal
     

Todos os três tipos de tratamentos são usados com sucesso no mundo todo.

Desenho da diálise peritoneal
Diálise peritoneal

Diálise peritoneal

O tratamento de diálise peritoneal é chamado assim porque o sangue é filtrado pela membrana que reveste o peritônio. A cavidade peritoneal armazena o fluido da diálise e a filtração acontece através do peritônio. Toxinas e o excesso de fluido atravessam a membrana peritoneal durante o tempo de permanência prescrito.

Um tubo permanente, ou cateter, é inserido na cavidade peritoneal. Através deste, o fluido da diálise é administrado na cavidade e deixado para absorver as impurezas do sangue. Mais tarde, o fluido é drenado em uma bolsa e substituído pelo fluido novo. Este processo de administrar e drenar o fluido pode ser feito manualmente durante o dia, ou automaticamente à noite, por meio de uma cicladora. De qualquer maneira, você precisará se sentir capaz e confiante para realizar o procedimento.

Para quem a diálise peritoneal é melhor?

Há casos em que a diálise peritoneal pode ser a melhor opção. Por exemplo, se você tiver algum tipo de doença cardíaca ou vascular. Por causa do acesso vascular restrito, a diálise peritoneal é normalmente o tratamento escolhido para crianças pequenas. Optar pela diálise em casa também permite que as crianças continuem sua escolarização.

Seja qual for o tratamento escolhido por você e seu médico, a Fresenius Medical Care poderá apoiá-los em todo o processo. Como a empresa líder mundial em diálise, nós fornecemos uma gama completa de serviços e produtos – seja fornecendo as melhores condições para o transplante, apoiando com a diálise peritoneal ou garantindo os mais altos padrões de qualidade em hemodiálise.

Desenho de um rim transplantado

Transplante

O transplante de rim envolve a implantação de um rim saudável de um doador, vivo ou falecido, em uma pessoa com doença renal crônica. Receber um novo rim não é a cura para a doença renal, mas um tratamento. Muitos pacientes com doença renal crônica são candidatos a transplante, mas nem todos estão aptos.

Se você quiser considerar o transplante como uma opção de tratamento, o primeiro passo é discutir sua situação pessoal com seu nefrologista. Ele avaliará sua saúde e a condição dos seus rins antes de fazer uma recomendação. Se seu nefrologista concluir que você seria um bom candidato ao transplante, você precisará passar por testes e exames. Desta forma, seu médico poderá colocá-lo na lista nacional de espera de transplante, para receber um rim de uma pessoa falecida, ou encontrar um doador vivo compatível.

Fazendo a escolha certa

O transplante é um tema muito pessoal sobre o qual você deve refletir com tempo. Conversar com outras pessoas sobre os benefícios e as desvantagens do transplante pode ajudar a tomar uma decisão que seja a melhor para você.

Paciente recebendo tratamento de hemodiálise
Tratamento de hemodiálise

Hemodiálise

A hemodiálise é um tratamento em que o sangue é filtrado fora do corpo utilizando uma máquina de diálise. Durante a hemodiálise, o sangue é retirado de um vaso sanguíneo e passado por um filtro sintético, chamado dialisador. Nesse dialisador, o sangue é purificado antes de retornar ao corpo. Por isso, esse dialisador é chamado de ‘rim artificial’. Geralmente, a hemodiálise é realizada por pelo menos 4 horas, três vezes por semana, em um centro de diálise.

Uma alternativa ao tratamento realizado em uma clínica de diálise é a possibilidade de o paciente ser tratado em um ambiente familiar, em casa. Diferentes tipos de diálise em casa permitem que os pacientes adaptem seus tratamentos as suas rotinas diárias. Entretanto, todo método de tratamento tem seus próprios desafios.

Quando a hemodiálise é melhor

Com as modernas máquinas de diálise, três sessões de hemodiálise por semana, cada uma com duração mínima de quatro horas, é o que normalmente você precisa. Durante esse tempo, você fica conectado à máquina de diálise. É impressionante pensar que a máquina de diálise tenta fazer em doze horas de tratamento por semana o que rins saudáveis fazem continuamente o dia todo, todos os dias. Tomando as medidas corretas, juntos podemos ajudar você a levar uma vida mais saudável.

Perguntas frequentes sobre diálise

Meu rim será curado após a diálise?
Diálise é um procedimento que pode substituir as duas funções mais importantes do rim: a eliminação do excesso de água do corpo e a eliminação de resíduos acumulados no sangue. Diálise não é uma cura.

Tenho que parar de trabalhar?
Você pode retornar ao trabalho, ou continuar os estudos, enquanto faz diálise. Se você for tratado em um centro de diálise, um plano de tratamento ajustado ao seu cronograma de trabalho ou estudo deve ser entregue. Outra alternativa é a hemodiálise domiciliar assistida ou diálise peritoneal, que permite cronogramas mais flexíveis.

A diálise causa dor? 
Durante a diálise, você pode sentir um beliscão quando uma das agulhas entrar. Existem medicamentos anestésicos para a pele, que podem ajudar. O restante do seu tratamento de diálise não deve doer. Se acontecer, informe a um membro da sua equipe de tratamento, para que o inconveniente possa ser corrigido. 

O que posso comer e beber como um paciente de diálise? 
Você precisará seguir uma dieta especial. Existem dietas diferentes para pacientes em HD e DP. Converse com o seu nefrologista. 

Posso praticar esportes?
Os pacientes devem praticar esportes ativamente e participar de jogos, pois o esporte ajuda a permanecer saudável e a se sentir melhor. Em qualquer caso, pergunte ao seu médico antes de iniciar uma atividade física.

Conheça a nossa rede de clínicas no Brasil.

Conteúdo relacionado
Aproveite a vida apesar da doença

Aproveite a vida apesar da doença

Enfermeira atendendo a paciente na cama

Tratamento completo para a doença renal crônica